Esporte

São Paulo aproveita expulsão no começo e supera o Vitória com dois de Luciano

São-paulinos estavam brigando na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro

Ferraresi fez seu primeiro gol com a camisa do São Paulo (Foto: Divulgação, SPFC)

O São Paulo venceu o Vitória por 3 a 1 neste domingo, em jogo da quinta rodada do Brasileirão, no Barradão, e chegou ao quarto jogo de invencibilidade sob o comando de Luís Zubeldía. Com um a mais desde o início do jogo, já que Wagner Leonardo foi expulso aos seis minutos, o time tricolor encontrou dificuldades no gramado pesado, em razão da chuva, e não foi brilhante, mas contou com gols de Luciano e Ferraresi para vencer. Willian Oliveira anotou para a equipe baiana.

Apesar do bom momento sob o comando do técnico argentino, os são-paulinos estavam brigando na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro. Agora, têm sete pontos e estão mais perto dos primeiros colocados. O Vitória continua na zona de rebaixamento, com apenas um ponto.

O São Paulo se viu em situação favorável logo no início da partida, já que o zagueiro rubro-negro Wagner Leonardo foi expulso por acertar o braço no rosto de Calleri, após revisão do VAR. Apesar de ter mais jogadores em campo, o time tricolor mostrou um futebol cheio de limitações. Colocou até os zagueiros em ocupação máxima no campo de ataque, mas não conseguia ser agressivo. Quando foi, parou em defesas de Arcanjo.

A dificuldade ia aumentando conforme a chuva em Salvador aumentava. A certa altura, o gramado se encontrava muito pesado, deixando o duelo mais truncado do que já estava, com mais tempo de bola parada que de bola rolando. Tal cenário até motivou Zubeldía a fazer uma substituição precoce, ainda aos 30 minutos do primeiro tempo. O técnico argentino colocou Galoppo no lugar do pendurado Bobadilla, para ter mais qualidade no passe e aproximação.

Galoppo não entrou tão bem, errou passes e recebeu amarelo após cinco minutos em campo, mas melhorou nos minutos finais antes do intervalo, com finalizações e participações em jogadas ofensivas Quem participava muito dos ataques era Igor Vinícius, que perdeu dois gols, mas se redimiu como autor do cruzamento que originou o gol de Luciano, aos 44 minutos.

O segundo tempo começou de forma preocupante para os são-paulinos. Ainda aos quatro minutos, o Vitória, que voltou para o campo mais combativo, igualou o placar com um cabeceio de Willian Oliveira. Passados sete minutos do gol rubro-negro, contudo, o São Paulo voltou a ficar em vantagem graças a mais um gol de Luciano, dessa vez recebendo cruzamento rasteiro de Michael Araújo e batendo de primeira para vencer Arcanjo.

A partir disso, o time de Luís Zubeldía passou a ter o controle do jogo e sofreu muito pouco no campo de defesa. O Vitória não conseguia evoluir as jogadas quando tinha a bola nos pés e, na defesa, teve de conter a pressão tricolor, enquanto lidava com o cansaço de jogar com um a menos. Aos 38, Lucas Esteves tirou uma bola de cima de linha, após finalização de Calleri, mas Ferraresi pegou o rebote e garantiu o triunfo por 3 a 1.

Fonte: Midiamax.

Compartilhe
Desenvolvido por