Geral

Dupla é presa suspeita de assassinar morador de São Gabriel com aproximadamente 27 facadas

Vítima teria sido morta por dívidas de drogas no valor de R$ 400,00. Após assassinato, autores utilizaram de gasolina para tentar ocultação do cadáver.

A polícia Civil, por meio da Delegacia de São Gabriel do Oeste deflagrou nesta quinta-feira (02/05), a operação “Combate ao Tribunal do Crime”, sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva de uma dupla suspeita de ter assassinado Maycon Douglas Justo, de 31 anos, morador de São Gabriel do Oeste cujo corpo foi encontrado carbonizado no último dia 26/04, na zona rural do município.

Investigações

De acordo com a Polícia Civil, as investigações iniciaram-se no dia 17 de abril, com o registro de desaparecimento de Maycon, que teria sido visto pela última vez na noite do dia 15 de abril. Diante disso, o Setor de Investigações Gerais (SIG) iniciou os levantamentos e as diligências preliminares, suspeitando desde o princípio que poderia tratar-se de uma ocorrência de homicídio, considerando também o fato de a vítima ser usuário de drogas ilícitas.

Já no dia 26 de abril, com a localização do corpo de Maycon, encontrado carbonizado em uma região da área rural do município, foi realizado o trabalho pericial, que constatou que a vítima teria sido morta com aproximadamente 27 facadas, sendo que os autores utilizaram de gasolina para queimar o corpo e posteriormente fazer a ocultação do cadáver.

Através do sistema de vídeo monitoramento da cidade, o SIG conseguiu identificar dois suspeitos do crime: J. T. N, de 28 anos e L. F. F, de 37 anos, bem como o veículo utilizado na prática criminosa. Desta forma, a autoridade policial representou pela prisão dos dois autores, bem como pela busca e apreensão na residência onde ocorreu o homicídio.

Na chegada da polícia a residência, um dos suspeitos quebrou o celular que estava em posse. Já no decorrer das buscas, foi possível localizar dentro do local drogas, dinheiro, balança de precisão, uma arma de fogo e o veículo que foi utilizado no crime para o transporte do corpo até o local em que foi incinerado.

Objetos foram localizados durante mandado de busca e apreensão realizado na residência dos autores. (Foto: Divulgação, PC)

Motivação do crime

Ainda de acordo com a polícia, a motivação do crime teria sido por conta de dívidas de drogas ilícitas, sendo que o meio que os autores utilizaram para quitar tal dívida foi executando a vítima.

Diante dos fatos, a dupla recebeu voz de prisão sendo conduzidos até a Delegacia de Polícia, onde o autor de 28 anos, negou o envolvimento nos delitos, porém as versões apresentadas por ele eram contraditórias aos elementos colhidos durante o inquérito policial.

Já o seu comparsa, de 37 anos, confessou integralmente a prática do crime, afirmando que a motivação do assassinato teria sido o não pagamento de R$ 400,00 de dívida de drogas por conta da vítima, confirmando também a utilização de gasolina para a ocultação do cadáver, além da comercialização das drogas que era feita no local.

Caso segue sendo investigado

A Polícia Civil segue com as investigações em andamento, para apuração de outros indivíduos que possam ter auxiliado na prática criminosa.

Com a elucidação de mais esta operação, a Delegacia de São Gabriel do Oeste mostra o compromisso pelo zelo da segurança pública do município, bem como a intolerância a qualquer tipo de condenação e punição ilegal, como a ocorrida neste tribunal do crime.

Compartilhe
Desenvolvido por