Geral

Mato Grosso do Sul está sob alerta de perigo por causa do tempo seco

O alerta de tempo seco é voltado principalmente para a região leste do Estado, onde ficam municípios como Paranaíba, Aparecida do Taboado, Cassilândia, entre outros

(Foto: Ana Laura Menegat/Midiamax)

Nesta segunda-feira (1º), o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) publicou um alerta de perigo para a baixa umidade relativa do ar em Mato Grosso do Sul, principalmente para a região leste do Estado, onde ficam municípios como Paranaíba, Aparecida do Taboado, Cassilândia, entre outros das proximidades.

O alerta tem validade até o fim do dia, orientando a população a beber bastante líquido, evitar desgastes físicos nas horas mais secas. Além disso, é bom evitar a exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

Conforme a publicação, a umidade do ar deve ficar na média de 20% a 30% no Estado, com a sensação sendo pior nos municípios do leste de MS. Esses valores são considerados muito abaixo do considerado ideal para a saúde e para o meio ambiente, aumentando, ainda, o risco de incêndios florestais.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), considera-se que os níveis de umidade mais adequados para a saúde humana estão entre 40% e 70%. Habitualmente, nos períodos de longa estiagem, característicos do final do inverno e início da primavera, a umidade do ar cai muito.

Altas temperaturas

A região leste de Mato Grosso do Sul também tem passado por dias mais quentes do que as demais localidades do Estado.

Durante o fim de semana, os municípios ao leste registraram as maiores temperaturas de MS, com máximas entre 30°C e 33°C, ficando em contraponto com as cidades centrais e ao sul, que tiveram chuvas isoladas e as menores temperaturas do Estado, com mínima de 1°C.

Fonte: Midiamax.

Compartilhe
Desenvolvido por