Polícia

Presos suspeitos de matar meninos por engano

Um deles foi preso na mesma rua onde ocorreu crime; o outro foi localizado na Vila Jacy

Movimentação da Polícia Civil no local onde ocorreu o crime na noite de sexta-feira (Foto: Marcos Maluf)

Dois jovens suspeitos de participação no atentado que matou dois adolescentes de 13 anos por engano na noite de sexta-feira (3), na Rua Flor de Maio, no Jardim das Hortênsias, em Campo Grande, foram presos na manhã deste domingo (5) por equipes do Batalhão do Choque e Ficco (Força Integrada de Combate ao Crime Organizado).

Um dos capturados, identificado pelo apelido de “Jacaré”, suspeito de integrar o grupo que organizou o atentado contra o alvo de 19 anos, foi localizado em casa, na mesma rua onde ocorreu o crime. Ele negou envolvimento nos homicídios, mas acabou preso em flagrante por guardar em casa uma arma de fogo. Ao receber voz de prisão, o rapaz contou ainda que conhecia os responsáveis pelos homicídios, indicando os nomes dos suspeitos.

O outro rapaz foi preso com revólver calibre 357 numa casa de massagem na Vila Jacy, na Rua São Marcos. Ele disse que a arma não foi usada no crime e pertencia a um interno do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima.

Indagado sobre o atentando, o rapaz confessou que apenas pilotou a motocicleta enquanto o comparsa descarregou a pistola 9mm no alvo, porém acabou acertando os dois adolescentes por engano. Depois do atentado, eles chamaram um carro de aplicativo e fugiram.

A moto com registro de furto foi apreendida na Rua Geny Kelly, no Bairro Aero Rancho. A arma usada na morte dos adolescentes ainda não foi encontrada. Os rapazes presos neste domingo foram levados para o Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros). As buscas continuam para achar o rapaz que fez os disparos.

O caso – Os adolescentes de 13 anos foram baleados por uma dupla em motocicleta que chegou atirando. Os supostos atiradores procuravam por um homem que estava na calçada de uma casa, ao lado da residência em que os jovens estavam.

Segundo vizinhos, o alvo dos disparos conseguiu fugir para uma residência, momento em que os jovens foram atingidos. Eles foram socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros, mas não resistiram aos ferimentos. A menina morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Aero Rancho e o menino na Santa Casa.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS.

Compartilhe
Desenvolvido por