Polícia

Seis foram presos em operação que apreendeu carga ‘fake’ de melancia com 16 toneladas de drogas em MS

Traficantes fizeram um quadrado de madeira na carroceria do caminhão e encheram de maconha, disfarçando com as frutas nas laterais e na parte superior

Foto: (Reprodução, PRF)

Um grupo de seis traficantes foi preso após um caminhão carregado com 15.860 quilos de maconha em meio a carga de melancia ser interceptado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Dourados, nesta terça-feira (7). 

A ação envolveu um grande efetivo de agentes, que percorreram diversos bairros com mandados de buscas e apreensões na cidade.

No início da madrugada, policiais deram ordem de parada ao veículo, modelo Iveco Tector 240e25, no km 280 da BR-163, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. O veículo estava com o sistema de iluminação alterado e transportava carga de melancias nas partes externas.

No caminhão estava o motorista e um passageiro. A equipe pediu que o motorista acomodasse a carga para evitar riscos de acidente e durante o transbordo, notou a presença de um compartimento oculto e forte odor de maconha. 

Foi quando os policiais questionaram e o motorista confessou que estava transportando drogas. Cerca de 15.860 quilos de maconha estavam no veículo e, conforme o motorista, seriam levados para São Paulo. 

Os traficantes fizeram um quadro de madeira na carroceria do caminhão e encheram de maconha. Para disfarçar a carga de drogas, colocaram algumas fileiras de melancias nas laterais e na parte superior da caixa.

O motorista contou que foi contratado no Rio de Janeiro para pegar os entorpecentes em um entreposto de drogas em Dourados. De lá, seguiria para o estado paulista.

Foram feitas diligências em relação ao caso e a PRF encontrou o entreposto onde o caminhão foi carregado. No local, a equipe apreendeu mais 200 quilos de maconha, uma espingarda e 16 munições.

Três homens e uma mulher também foram presos, assim como motorista e passageiro do caminhão. Outro homem estava no entreposto, mas conseguiu fugir da polícia. 

O grupo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Dourados.

(Reprodução, PRF)

Fonte: Midiamax.

Compartilhe
Desenvolvido por